Código de Conduta

1. Irmandade: Os instrutores da Gracie Barra devem reforçar o espírito de família entre os estudantes, pais e outros instrutores. Sua atitude deve ser sempre positiva e de cooperação a fim de canalizar sua energia criativa para o fortalecimento e o crescimento da nossa família, sempre colocando a equipe à frente de necessidades individuais.

2. Cooperação: os instrutores Gracie Barra devem fomentar e reforçar um ambiente cooperativo dentro e fora do dojo. Devem garantir que a concorrência seja realmente restrita aos torneios, assim como a atitude competitiva também. Eles devem fazer o aluno entender que o progresso não se reflete sobre sua capacidade de superar um parceiro de treinamento ou um adversário competitivo, mas sim refletir sobre sua capacidade de interagir em uma experiência de formação cooperativa com os demais colegas de treino da Gracie Barra.

3. Disciplina: Os instrutores Gracie Barra devem constantemente disciplinar os estudantes e nunca puni-los. Eles devem fazer os alunos a compreenderem que sem disciplina não há progresso, nem no jiu-jitsu, nem na vida, e que, sem a disposição para o sacrifício, é impossível atingir um estado de excelência.

4. Respeito: Os instrutores Gracie Barra devem reforçar que os alunos devem agir com cordialidade e igualdade para com todos, independentemente das suas diferenças de raça, credo, sexo, nacionalidade, etc. A hierarquia de faixas deve ser respeitada e autoridade da Faixa-Preta sinceramente reconhecida.

 

 

 

5. Melhoria Contínua e Crescimento: Os instrutores Gracie Barra devem reforçar nos estudantes que o caminho do Jiu-Jitsu Brasileiro é uma vida longa viagem pela vida sem um ponto final. A Faixa-Preta deve ser seu objetivo mínimo e que a sua evolução representa um compromisso de aumentar seu crescimento como praticante de Jiu-Jitsu Brasileiro e como Ser Humano.

6. Liderança: Os instrutores Gracie Barra devem liderar pelo exemplo, serm gentis e cuidadosos. A autoridade deve ser sempre apoiada em sua base moral, construída em cima de uma atitude positiva, cooperativa e construtiva em relação aos alunos e aos outros instrutores.

7. Inspiração: Os instrutores Gracie Barra devem compreender a sua importância na vida dos alunos como modelos de referência, bem como a sua responsabilidade em fazer com que aflore o melhor que cada aluno possui dentro de si.

8. Prazer: Os instrutores Gracie Barra devem ensinar com alegria e como um privilégio e nunca tê-la como um fardo. Cada turma é a realização de um sonho na vida do Instrutor Gracie Barra, portanto ele deve aproveitar cada minuto ao ensiná-la como se fosse sua última oportunidade de mostrar a um aluno um estilo de vida melhor.